Trailer e novidades sobre Tekken 7

Hoje, durante a Comic Con, foi liberado o trailer estendido de Tekken 7 e que, segundo o seu criador Katsuhiro Harada, será o último capítulo da série, encerrando todas as histórias que ficaram abertas ou inexplicadas durante todos esses anos nos outros jogos, definitivamente.

No ano em que completa 20 anos, Tekken continua sendo um dos jogos de luta mais bem sucedidos da Namco (que também produz jogos de luta de Dragon Ball e Naruto, depois que se fundiu com a Bandai) e é, ainda, um dos mais famosos do gênero. Eu jogo Tekken desde o 1º jogo, ainda quando eu tinha o PlayStation(1). Pirei ainda mais (e gastei meus dedos para valer) no 3º, quando Eddy Gordo apareceu com a sua ginga e a sua malemolência.

Para você ter uma ideia de como Tekken foi fodamente foda e um dos jogos de luta mais vendidos no final da década de 90 e, vendo de longe o sucesso do 1º e do 2º Tekken, que a Capcom se rendeu aos gráficos “poligonais” e criou aquela porcaria que foi os Street Fighter EX. Anos mais tarde as duas empresas se uniriam para fazer o crossover Street Fighter vs Tekken. O acordo previa um Tekken vs Street Fighter, mas parece que ainda não vai sair do papel tão cedo.

Como Harada falou que vai finalizar a história, já comecei a ficar muito curioso (e ansioso) pois eu gosto muito de enredos e histórias nos jogos e, como desde o primeiro que eu acompanho todas as CG’s de entrada e os “zeramentos” de cada lutador, quero muito que tudo fique bem explicado, principalmente o por que Kazuya é possuído pelo demo, coisa que eu nunca consegui entender muito. Como fiquei muitos anos longe de videogames não pude acompanhar as histórias dos 4, do 5 e do 6, mas sinto que terei que jogar todos, desde o primeiro, para reavivar essas histórias da família Mishima na minha mente.

 Aproveitei o ensejo e trouxe para vocês um vídeo que eu achei no Youtube mostrando a evolução gráfica e todos os jogos que já foram lançados na franquia Tekken. Veja o vídeo:

Tekken 7 ainda não tem data de lançamento definida, mas já especula-se que será apenas para os consoles da nova geração e (pasmem) PC.

Categorias