A história de Sonic de 1991 a 2014

A história do Sonic, o mascote da SEGA, se funde muitas vezes com a minha história dentro desse universo dos videogames.

Durante todos esses anos em que ele está/esteve em praticamente todos os consoles (até mesmo naquelas versões pirateadas que tinha no Super Nintendo, lembra?), eu consegui jogar praticamente todas as suas versões em quase todos os consoles possíveis. Porém, tenho que confessar que sempre fui Nintendista. Afinal, fiquei muito tempo com o Super Nintendo e depois pulei para o Nintendo 64. Enquanto isso, nesse meio tempo entre um Nintendo e outro, eu tive um Playstation, mas mesmo assim ainda jogava um Soniczinho às escondidas ou acompanhava as notícias nas revistas da época.

Minha relação com “Porco Espinho” da SEGA começou com o primeiro Sonic, na casa de um primo meu de BH, que tinha um Mega Drive. Isso foi antes mesmo de eu ter o meu saudoso SNES. Em meados de 92, outro primo meu, mas daqui de Guarapari, também comprou um Mega Drive e, nesse Mega Drive dele tinha o Sonic 2 e foi com esse jogo que eu fiquei alucinado com a velocidade e com aquele monte de fases dificultosas e cheias de loopings. Desde então vem jogado várias versões do Sonic e hoje conto com vários joguinhos do meu celular, no meu tablet e nos meus consoles. Até mesmo no meu PC, pelo Steam, eu consegui vários jogos desta franquia da SEGA, incluindo o próprio Sonic 2.

Mas o que eu gosto mesmo de jogar (acredite) é o Sonic Generations, que é, na minha opinião, o que melhor une os dois estilos de jogos do Sonic que já existiram (o 2 e o Adventure 2) e ainda digo a você, caro leitor, que vale a pena sim ter o Sonic Generations em sua coleção. Tanto vale que estarei deixando links para você poder comprar o jogo tanto para Playstation 3 quanto para Xbox 360.

No vídeo acima, você pode ver a história do Sonic desde 1991, quando ele foi lançado para Mega Drive/Gênesis, passando por todas as versões dos consoles da SEGA como: o Master System, o Game Gear, o Dreamcast, o próprio Mega Drive, até chegar nos consoles da penúltima geração (ou da última, caso você considere o Wii U um console da nova geração).

E você? O que você já jogou da franquia Sonic? E o que você espera do “porco espinho” na nova geração? Deixe nos comentários e, claro, se você quiser comprar o Sonic Generations, você pode adquirir clicando aqui (se PS3) ou aqui (se X360).


Quem é Rogério Lima

veja todos os seus posts

Gamer desde os 11 anos, quando ganhou seu SNES e fanático por informação desde a N.º 1 da Super Game Power. Aos 33, é colecionador de jogos e consoles, os quais guarda com carinho.